jeudi 18 février 2016

Raúl Danda desmente demissão do cargo de vice-presidente da UNITA


Dep Raul M Danda.jpg
O vice-presidente da UNITA, Raúl Danda, desmentiu recentemente, as informações que circulavam nas redes sociais sobre a sua alegada demissão do cargo no seu partido, assegurando tratar-se de fabricação de meras mentiras do regime angolano para aliviar-se da crise em que o partido no poder se encontra.

Raúl Danda afirma que vai continuar firme a trabalhar em prol da UNITA e dos angolanos, aconselhando todos angolanos, militantes, membros e simpatizantes do partido a nunca acreditarem nas mentiras do MPLA.

"Estou surpreendido por causa de alguma informação que gira nas redes sociais a dizer que eu teria renunciado ao cargo de vice-presidente da UNITA. E eu queria aproveitar essa oportunidade para dizer que a minha idoneidade e honestidade intelectual política não me permitiriam aceitar um cargo em Dezembro e desaceitar passo termo, dois meses depois. Portanto isso é mentira. Isso é mais uma daquelas fabricações da DISA à moda antiga, justamente porque a situação não é bem favorável.

Se estão à espera que utilizando essas mentiras a situação se resolve a contento do seu lado, estão mal enganados. O Raul Danda aceitou de bom grado, de bom tom, com toda responsabilidade e humildade também, o cargo de vice-presidente da UNITA e aqui vou continuar. Eu sou o vice-presidente da UNITA e mesmo que aqueles que estão a propalar essa notícia frustrem com isso. Vão se frustrar mas que eu vou continuar a ser vice-presidente da UNITA",esclareceu.

O número dois da UNITA disse que o partido no poder pretende criar factos para enganar o povo de que na UNITA há crise, e apela todos os cidadãos nacionais a não acreditarem no MPLA.

"O que se quer é que alguém depois venha dizer que há uma crise na UNITA, o Raúl Danda agora já não quer ser vice-presidente da UNITA. Não se acredita no MPLA, neste MPLA que dizia que FNLA comia pessoas, não se acredita neles. Estão sempre a mentir e como sempre as suas mentiras têm pernas curtas", defendeu.

O segundo responsável, o seu partido está forte e tem estado a merecer o apoio do povo angolano e uma mensagem de confiança. O responsável descreve a situação de Angola como sendo gravosa e dramática.

"O Partido como podem verificar, está em força. Nós temos estado a realizar as actividades e por todo o país, nós temos estado a receber, não só o apoio do povo angolano, mas também e sobretudo uma mensagem de confiança dos angolanos que olham para nós como sendo a única alternativa viável para este país. E para estes todos angolanos todos, excelentes angolanos, a UNITA é a esperança, para 2017 poder dar uma melhor vida aos angolanos. Para não voltarmos, como estamos a ver agora, ao tempo da EMPA em que era preciso pôr uma pedra na bicha de madrugada para poder comprar um quilo de arroz, para poder comprar um quilo de açúcar, voltamos a isso, e quando portanto, interpretando mal aquilo que era, digamos a poesia de Agostinho Neto, do havemos de voltar; estamos a voltar de facto as situações graves, gravosas, dramáticas e até mesmo trágicas".

Raúl Danda reiterou que o seu partido está bem de saúde, preparado para assumir o poder em 2017, bem como responder as aspirações de uma Angola de igualdade.

"Portanto a UNITA está bem, está bem de saúde graças a Deus. Não poderemos dizer a mesma coisa dos outros, cuja saúde só vai degradando, refiro-me aos nossos adversários directos: o proprio MPLA. E nós estamos aqui para fazer o nosso papel, e sobretudo para em 2017 respondermos prontos aos angolanos, no sentido de honrarmos aquilo que são as suas aspirações para uma Angola igual para todos, por uma Angola onde se possa viver bem, onde se possa viver em tranquilidade, onde se possa de facto toda gente poderem orgulhar-se e dizer eu sou angolano, nasci em Angola e vale apena ser angolano.

Aconselha a população a depositarem a sua confiança na direcção da UNITA, entretanto, a não confiarem nas mentiras do partido no poder, o qual classificou como "mentirosos ontem, mentirosos hoje, poderão ser mentirosos sempre".

"Eu devo apenas dizer aos angolanos que podem confiar na UNITA, podem confiar na direcção da UNITA, que a UNITA vai de facto trazer para todos os angolanos aquela Angola pela qual aspiraram sempre.

Quanto ao resto também exortar aos angolanos a não acreditarem nessas mentiras que têm estado a ser espalhadas por quem a gente já conhece há muito tempo. Mentirosos ontem, mentirosos hoje, poderão ser mentirosos sempre".

Aucun commentaire:

Publier un commentaire