mercredi 24 juin 2015

Activistas propõem manifestação para quarta-feira

Fonte: REDE ANGOLA, 22JUN2015, Online; U.R.L.: http://www.redeangola.info/

Vários activistas estão a convocar, através das redes sociais, uma manifestação para 24JUN15, às 09h00, no Largo da Independência, Luanda, em resposta a detenção de outros quinze defensores dos direitos humanos, em 20JUN15, na capital angolana.


Os activistas pretendem com o acto, "exigir liberdade incondicional de todos os presos políticos no país".

De acordo com informações publicadas nos perfis dos militantes, ao todo, nove pessoas encontram-se desaparecidas, sabendo-se apenas que Luaty Beirão e Manuel Nito Alves estariam detidos na 29ª Esquadra Policial.

A página dos activistas no Facebook divulgou ontem que "Samussuco está detido na divisão do Kifica, o Mbanza Hamza, na divisão do bairro Uíge, Nuno Álvaro Dala,
na divisão do Catintón e Nelson Dibango, no Kilamba". De acordo com lista divulgada pelos activistas estão desaparecidos até ao momento, Sedrick de Carvalho,
Nicolas de Carvalho, Levi, Arantes Kivuvo, Graciano Brinco, Valdemiro, Albano Bingo, Baixa de Cassange e Domingos da Cruz.

Em 21JUN15, o Grupo de Apoio aos Presos Políticos Angolanos (GAPPA) pediu às autoridades para informarem onde estão activistas dos direitos humanos detidos em
Luanda e lhes permitirem o acesso a advogados., acrescentando que "a operação ocorreu sem nenhum mandado de captura".

O GAPPA solicitou ainda às autoridades para entregarem "imediatamente os bens e documentos retirados das casas dos presos, evitando prejuízos à vida profissional dos
familiares" e convidou "os angolanos a mostrarem o seu repúdio contra estas acções de carácter anticonstitucional e arbitrárias contra a liberdade de reunião e a apoiarem
sem reservas a necessidade de um estado de liberdade e democracia em Angola".


Aucun commentaire:

Publier un commentaire