mercredi 24 juin 2015

Está em marcha o plano de eliminação física dos dirigentes e quadros da UNITA em Benguela



O Secretariado Provincial da UNITA em Benguela, mais uma vez vem por meio deste Informar o seguinte:

1-Na sua sanha assassina, as estruturas do SiINFO e os Serviços de Inteligência da Casa militar do Presidente da República, continuam com os planos maquiavélicos de matar sem piedade todos aqueles que constituem a Força viva da UNITA nesta parcela do território. Os alvos preferidos são:


a)            Dirigentes da UNITA, das estruturas da Província do Topo a base.
b)           Militantes e simpatizantes activos.
c)            Quadros Integrados na Função Pública.
d)           Generais da UNITA Integrados nas FAA, na Polícia Nacional e na reforma.

e)           Oficiais capitães, subalternos e Soldados nas FAA, na Polícia Nacional e na reforma.

2-Meses atrás deu início um plano de distribuição de veneno em toda a extensão da Província de Benguela, de que já foi vítima o Ex-militar das FALA de nome Marcial Mendes, natural de Saraiva Comuna de Monte-Belo, Município do Bocoio, morto por envenenamento quando se encontrava numa festa de casamento.
3-Este plano ganhou outros desenvolvimentos em que os seus mentores se propõem a isolarem o Presidente da UNITA até as próximas Eleições.
As estruturas responsáveis pela execução do plano macabro vão se apoiar as estruturas do MPLA, aos elementos da UNITA rendidos ao MPLA, com envolvimento de avultadas somas de dinheiro. Além do mais, o plano prevê também a processos irracionais como o feiticismo. Em caso de surtir efeitos desejados, em que os dirigentes, militantes simpatizantes e amigos da UNITA, começam a morrer como se de animais se tratassem, o plano prevê o desenvolvimento de uma campanha de propaganda sem paralelo nas Rádios e na Televisão Públicas (TPA), para convencer o Mundo de que se trata de uma peste cujo nome já têm a proposta O CIKUPUKA.
4. A Equipa preparada para a execução deste plano perigoso é composta por elementos ligados aos órgãos do MPLA estruturas alguns dos quias residentes nos bairros Kamaniña e 11 de Novembro.

5-Na senda deste mesmo plano, dia 6 de Junho de 2015, uma Equipe ida do Município de Longonjo Comuna da Katabola Província do Huambo mandatada pelos cabecilhas do plano em referência, com o fim de ir buscar o medicamento tradicional (veneno) para Hipnotizar os dirigentes da UNITA e depois dar o golpe final na calada da noite, acabou por ser executada dois dias depois por ordem dos dirigentes do SINFO para não deixar rastos. Os seus funerais tiveram lugar dia 10 de Junho de 2015, dentre outros nomes das vítimas constam os cidadãos José Hossi e Mário Jacinto, todos naturais do Longonjo, as outras vítimas divulgaremos os seus nomes logo que tivermos as suas identidades.
6-O Secretariado Provincial da UNITA em Benguela, alerta a Comunidade Nacional e Internacional para os perigos que está prática do regime do MPLA representa para a Estabilidade e segurança do País.
7-Apela ao Presidente da República de Angola, Engenheiro José Eduardo dos Santos a cumprir e fazer cumprir a CRA que acima de tudo privilegia a vida e valoriza a dignidade humana..

Benguela, aos 17 de Junho de 2015

O Secretariado Provincial do Partido.

Aucun commentaire:

Publier un commentaire