samedi 25 avril 2015

Deputados vão ao Santuário de Kalupeteka



Kundi_Deputados 1.jpgOs deputados do Grupo Parlamentar da UNITA que visitam o Huambo desde a manhã desta quinta-feira 23 de Abril, têm luz verde do Governo Provincial para chegarem ao Santuário da Ceita a Luz do Mundo, para apurar dados sobre as mortes de centenas de angolanos resultantes da refrega entre as forças de segurança e seguidores de Kalupeteka.
 
A garantia foi dada no final da audiência que o Governador do Huambo, General Kundy Paihama concede à delegação de Deputados do Grupo Parlamentar da UNITA, chefiada pelo seu Presidente Raul Manuel Danda e que integra igualmente os deputados Miraldina Jamba, Demóstenes Chilingutila, Estêvão José Pedro Katchiungo e Liberty Chiyaka.

No encontro, os deputados quiseram ouvir do Governador e seu elenco o que realmente se passou no caso Kalupeteka, na Serra do Sumi, município da Caála, bem como confirmar as informações que correm sobre as mortes de mais de 700 civis. Os deputados informaram ao Governador da intenção de visitarem o Santuário da Seita “Igreja do 7º Dia a Luz do Mundo” , com vista a constatarem in loc, as marcas dos últimos acontecimentos que ensombraram a província do Huambo.

De acordo com o presidente do Grupo Parlamentar da UNITA, Raul Manuel Danda, as informações encontradas no Huambo são preocupantes e indicam ter havido centenas de pessoas mortas. “Nós vimos prestar solidariedade às famílias das vítimas, sejam elas polícias ou civis, porque nenhum deles deve morrer mais de tiros ou de forma qualquer, mas também queremos saber como está o senhor Kalupeteka, pois enquanto não julgado goza da presunção de inocência”., fim de citação.

Raul Danda disse ainda saber que os mortos civis do Sumi estão a ser transferidos para outros locais pelos seus algozes, com vista a não serem encontradas quaisquer pistas, mas garante que se tal for sempre virá a tona. Disse ainda ter recebido do Governador garantias de ver a calma restabelecida na província do Huambo, e distender as relações perturbadas pró acusações do Governo sobre o envolvimento da UNITA na seita “Igreja do 7º dia a Luz do Mundo.

Por seu turno, o Governador do Huambo instado a pronunciar-se sobre os relatos de centenas de civis, manteve os números apresentados pelo seu executivo de terem sido encontrados 13 corpos de civis vítimas dos confrontos entre as forças de segurança e os fiéis de Kalupeteka. Ainda assim Kundy Paihama reconhece que depois da visita que os deputados fizerem ao local, se saberá qual é a verdade dos factos. “aquela zona tem militares e os militares têm regras. Mas os deputados como têm imunidade vão lá e aquilo que disserem, vamos acreditar”. Rematou o Governador Provincial do Huambo.

Na sua deslocação ao município da Caala, palco dos acontecimentos das últimas semanas entre as forças de segurança e fiéis de Kalupeteka , a delegação parlamentar da UNITA vai manter encontros com responsáveis religiosos, administração municipal, forças de defesa e segurança e populações locais.

A sua chegada, na manha desta quinta-feira a delegação manteve encontros com quadros do Secretariado Provincial da UNITA no Huambo, onde ouviu igualmente depoimentos do Secretário Municipal do Galo Negro na Caala, sobre os incidentes que envolveram as forças de defesa e segurança e os fiéis da seita “Igreja do 7º dia a Luz do Mundo”.


A visita da delegação parlamentar da UNITA termina no Sábado, 25 de Abril de 2015 com uma conferência de imprensa para balanço das actividades desenvolvidas em terras de Wambu Kalunga.

Aucun commentaire:

Publier un commentaire