jeudi 2 juillet 2015

Presidente Isaías Samakuva Convoca o XII Congresso da UNITA


Senhoras e senhores Jornalistas,
Congresso 4.jpgCaros companheiros!

Eu gostaria de começar por agradecer a presença dos senhores jornalistas e também o facto de terem aceite o nosso convite.


Formulamos este convite, para abordarmos uma questão que, pelo que verificamos nos últimos dias, tem sido de interesse dos militantes da UNITA, mas também de todos os angolanos. Quero me referir ao Congresso da UNITA. Este evento importante para a vida do nosso partido, tem sido, nas últimas semanas, um assunto que tem merecido a atenção de diversos órgãos da comunicação social e também de diversos sectores da sociedade angolana.

Hoje, o Comité Permanente da Comissão Política, reuniu-se e depois de consensualmente ter acordado na data em que o nosso XII congresso será realizado, decidimos, para que perante este órgão executivo da direcção do nosso partido e perante os órgãos de comunicação social nacionais e estrangeiros, proceder a seguinte convocatória:

No exercício das minhas funções e no cumprimento do número 1 do artigo 24º, dos Estatutos do nosso Partido, solicitei em Agosto de 2014, o parecer da IV reunião ordinária da Comissão Política, sobre a oportunidade da convocação do XII congresso do nosso partido em 2015.

Tendo obtido o parecer favorável da Comissão Política e usando da faculdade que me confere o número 4 do artigo 43º, subsecção I, secção II, do capítulo V, dos Estatutos do nosso Partido, conjugados com o número 1 do artigo 22º, subsecção I, secção I, do capítulo V, dos mesmos Estatutos convoco o XII Congresso do nosso Partido, a UNITA, para o período de 3 à 5 de Dezembro de 2015, em Luanda, com a seguinte agenda:

1º. Eleição dos órgãos do XII Congresso Ordinário;
2º. Apresentação e discussão do relatório da Comissão Política e avaliação do desempenho dos órgãos do Partido no período de 2011 à 2015;
3º. Reavaliação da linha politico-ideológica, estratégia, programa e objectivos do Partido;
4º. Revisão dos estatutos;
5º. Aprovação de resoluções;
6º. Eleição do presidente da UNITA, para o período de 2015 à 2019 e;
7º. Eleição da Comissão Política para o período de 2015 à 2019.

Ora, eu gostaria de acrescentar que é meu dever, neste momento importante da história do nosso Partido, exortar todos os membros e militantes do partido, no sentido de se compenetrarem no espírito de dignificação deste grande evento, que marcará o ponto de partida para os desafios que o futuro nos reserva.

Senhoras e senhores jornalistas,
Caros compatriotas!

Eu gostaria de acrescentar aqui algumas considerações, sobretudo, para os senhores jornalistas e também eu vejo aqui membros da sociedade civil….

O Congresso da UNITA, eu digo bem, o XII Congresso da UNITA, é um evento da UNITA, mas desta vez nós queremos que este Congresso, seja um evento, participado também, não só por delegados, não só por militantes do Partido, mas também por amigos, simpatizantes e até pela sociedade do nosso país, pela sociedade angolana.

Esta participação será feita de acordo com um regulamento, que a seu tempo vamos publicar. Nós queremos contar, como temos estado a sentir, que de facto, membros da sociedade civil, angolanos, mesmos aqueles não sejam da UNITA, contribuam com as suas ideias, com as suas opiniões, para engrandecer a UNITA, que é um património nacional.

A UNITA está a serviço dos angolanos e está pronta para receber da sociedade angolana, sugestões que a possam fortalecer e que a possam tornar mais útil e mais próxima da sociedade angolana.

Como acabei de dizer, esta participação far-se-á de acordo com o regulamento que vamos anunciar, nos prazos também que serão anunciados. À propósito devo dizer que o Congresso vai ser dirigido por uma Comissão Coordenadora, cujo o presidente já foi também escolhido, é o vice-presidente do Partido. Essa Comissão Coordenadora terá várias subcomissões.

E então haverá uma subcomissão que se encarregará da recolha desses subsídios que virão da sociedade angolana. Nós queremos, desde já manifestar a nossa disponibilidade e a nossa vontade de ver os angolanos a participarem, como disse, neste evento que afinal é de todos os angolanos.

Senhoras e senhores jornalistas!

Eu quero reiterar os meus agradecimentos pela vossa presença aqui e esperamos que acompanhem este evento, à medida em que se for desenrolando. Nós vamos pedir também a observação, porque queremos que este Congresso seja um evento transparente e que todos compreendam a dimensão dos projectos e daquilo que a UNITA quer para Angola. Vamos, portanto, exercitar a democracia que temos tentado exercitar já ao longo dos anos, mas desta vez com a participação de uma observação que poderá acompanhar esse processo, até que ele seja concluído, no dia 05 de Dezembro, do corrente ano.


Mais uma vez para todos, os nossos agradecimentos.

Aucun commentaire:

Publier un commentaire