jeudi 28 avril 2016

Alves da Rocha: O Fundo Soberano Angolano é diferente dos outros

Alves da Rocha: O Fundo Soberano Angolano é diferente dos outros do género. Na foto o Ministro Angolano das Finanças, Armando Manuel - AFP


“O Fundo soberano angolano é diferente de outros fundos soberanos, como por exemplo os fundos soberanos  da Noruega do Alasca e outros mais cotados na Bolsa e que partiram e se  mantêm de pé graças a actividades altamente lucrativas e criadoras de capital, como por exemplo o turismo de alta qualidade, enquanto que  o Fundo Soberano angolano foi criado e nutrido com o Orçamento Geral do Estado”. 


São palavras do Dr. Manuel José Alves da Rocha o conceituado economista Angolano, professor de economia na Universidade Católica de Angola em Luanda e também director do Centro de Investigação Científica nessa mesma Universidade. Alves da Rocha, também colaborar do Banco Mundial, do PNUD, do Banco de Investimento Europeu e da Organização Internacional do Trabalho, acha que neste sentido  o Fundo soberano angolano não pode ser visto como ponto de referência da solução ou alívio da crise sócio-economica que Angola tem vindo a atravessar na sequência  da queda do preço do petróleo no mercado internacional. Alves da Rocha também não coloca muita esperança nos empréstimos chineses, porque, segundo ele, as obras chinesas não têm sido devidamente supervisionadas pelos angolanos, pelo que, muitas vezes deixam a desejar em termos de qualidade. O problema de angola é, portanto, diz Alvez da Rocha, o da gestão correcta dos recursos disponíveis. (M.M.). 

Aucun commentaire:

Publier un commentaire