jeudi 31 mars 2016

José Eduardo dos Santos convidado a declarar estado de emergência

                
“Eu não posso imaginar que isso aconteça aqui no nosso país. Estamos numa situação em que o Chefe de Estado deveria declarar estado de emergência. Não podemos continuar assim.


Se nós não conseguimos, então, peçamos ajuda. Deve haver países que possam estar em condições de nos ajudar. Se temos capacidade, esta seja accionada para que se evite o que estamos a ver aqui.

Eu gostaria de lançar um apelo ao Senhor Presidente da República para se dar ao trabalho de vir ver o que se passa aqui. Pode estar a receber relatórios que não correspondem à situação real. Ele deveria vir aqui, ver o que os médicos, as médicas, os enfermeiros e as enfermeiras estão a tentar fazer aqui. Deveria vir aqui ver como é que o povo está a passar. É que se nós já estamos mal, estaremos, então numa falência completa, num colapso.


É pura e simplesmente chocante o que se vê aqui”, afirmou Isaías Samakuva aos Jornalistas que cobriam a sua visita ao Hospital Geral de Luanda.

Aucun commentaire:

Publier un commentaire